Calla viajante: Diário de bordo (Dia 2)


Posando deitada na cama que eu emprestei para a tia Laura

A madrugada foi de muito carinho e um pouco de agitação por aqui. Dormir? Nem pensar! Eu descanso de dia, porque de noite é a hora que eu gosto de ficar deitada de conchinha com a tia Laura. "Ai, Calla, minha barriga!". Foi mal, tia! É que para chegar do outro lado da cama é mais rápido passando por cima da senhora...


Ah! Falando em cama, já contei para vocês que agora eu sou filha única por uma semana, né? Meus parceirinhos de Macapá que não me leiam, mas eu tô adorando ter exclusividade por aqui, a tia fica o dia inteiro me mimando, fazendo cafuné e coçando minha barriga. Como eu gosto de deitar bem agarradinha, ela achou melhor tirar a cama e colocar o colchão no chão, para que eu pudesse subir e descer sem me machucar. Agora que eu não quero saber de outra coisa mesmo, era só o que eu precisava para bagunçar tudo.


Meu lugarzinho favorito é embaixo do fogão, enganei a tia por dois dias, mas ela acabou descobrindo que eu consigo sair sozinha, não consegui sustentar a farsa do meu buchinho por muito tempo. Enquanto ela fazia o almoço, fiquei só observando " do mezanino" e gritando: "MINHAAAAAAU, TOMPERO, TIA! TÁ FALTANDO!". O que seria dela sem mim?


A tarde eu assisti TV e decidi comer um pouco, esses dias foram meio esquisitos, sabe como é... lugar novo, hábitos novos. De tanto falarem do meu peso, resolvi diminuir um pouco minhas refeições, reeducação alimentar que fala, né? A viagem mexeu com o meu apetite, mas não se preocupem, o meu peso continua o mesmo, ainda sou a mesma Calla gostosa de sempre.


Aproveitei para descansar bastante porque a noite eu ia dar trabalho... tia Laura tava um pouco preocupada porque eu ainda não tinha feito xixi e cocô (mal ela sabia...), mas como eu não estava comendo tanto, isso era normal.


Na madrugada...

"Que cheiro é esse? Calla, tu fizeste xixi na tua caminha??" Ah, não era banheiro não? Desculpa aí, tia, é que entre a caixa de areia e o tapete higiênico, minha caminha era mais confortável, depois a senhora lava direitinho, tá bom? Não esquece a fronha também. Opa, mas não agora, né mulher? A senhora tem que deitar comigo, agora eu tô cansada!




32 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo