Calla viajante: Diário de bordo (Dia 5)


Janela indiscreta

Aqui todo mundo tem muito cuidado comigo, sou tão perigosa que telaram a fachada da minha suíte executiva. Tenho um lustre e até tapete que realça a cor dos meus olhos, tô começando a ficar mal acostumada! Será que eles aceitam assinar minha carteira?


Tia Suelen veio me visitar de tarde, mas eu não quis muito papo não e ela achando que eu ia ficar agitada... mas quando, tia! Aqui eu como patê toda hora, finalmente achei alguém que entende a importância de manter a minha pancinha sexy!


Na hora de fazer meu cocô, usei a caixinha de areia. Até eu me surpreendi!! Foi a primeira vez que consegui me apoiar, andar e entrar na caixinha, fiquei feliz, mas não foi só eu... Ei, que isso? Filmando? Cadê minha privacidade?? LUISA MEEELLL, CORRE AQUI! "É para mostrar para a tua tia, Calla!".



No fim da noite tia Laura veio me ver. "Oi, meu amor!! Fiquei sabendo que você passou o dia comendo! Tava com saudades de você!". Tava com saudades mas não me levou, né? Sei... "Olha só, filmei na hora em que ela usou a caixinha de areia". Tia Laura se emocionou e ficou me elogiando. "GENTE, VOCÊS NEM SABEM!!! A CALLA USOU A CAIXINHA DE AREIA!!!!". A tia contou para todo mundo da minha nova vitória. Era sofrido demais tentar levantar e não conseguir, minhas patinhas doíam bastante, tia Allana sabe... mas hoje isso tudo ficou para trás!



A clínica ia fechar e minha companhia da noite tinha acabado de entrar pela porta. Hora da despedida. "Callinha, a tia tá indo mas volta amanhã, tá bem?". Tá bom, vou te esperar, tia! Amanhã vê se não esquece o meu ratinho de brinquedo, por favor!